Arbitragem

129ª Questão: Acionamento irregular do relógio

30/03/2013 - 10:32

Pergunta: Numa partida no ritmo de 1h30 + 30" o jogador A (brancas) faz seu 20º lance e aciona o relógio. O adversário não nota e aciona o relógio sem fazer lance. Deve o jogador A imitar o gesto do adversário acionando o relógio para não perder tempo?

Reposta: Note-se que a concentração do jogador das pretas não era das melhores para acionar o relógio sem maior reflexão.
O relógio somente pode ser acionado depois de executado o lance no tabuleiro. Isto está bem claro na alínea a do artigo 6.7 da lei do xadrez em vigor.
Acionar o relógio sem fazer lance constitui-se numa transgressão às regras de competição.
Por outro lado o jogador das brancas também não pode acionar o relógio de volta sem motivo.
É bom lembrar agora o famoso ditado popular: "Um erro não justifica outro".
O jogador das Brancas não teria justificativa para atuar de maneira tão informal.
O ritual formal previsto na lei do xadrez é parar o relógio e pedir a intervenção do árbitro.
Logo, é importante seguir o ritual legal nas competições da espécie porque as partidas são disputadas com incremento de 30 segundos por jogada efetuada. E o acionamento do relógio sem lance implicará em acréscimo indevido de bônus de 30 segundos bem como de defasagem no contador de lances.
O árbitro então deverá aplicar uma das penalidades previstas no art. 13.4 da Lei do Xadrez, ajustando os tempos, se for o caso, e corrigindo o contador de lances.
É relevante enfatizar que na nova lei - que entra em vigor em 1º de julho - são os seguintes
os artigos que tratam do assunto:
art. 6.2 a - Durante a partida cada jogador, depois de completar seu lance no tabuleiro, deverá parar seu próprio relógio e acionar o relógio de seu oponente ...
art. 6.2 c - Os jogadores devem manusear o relógio de xadrez corretamente.
É proibido acioná-lo antes de fazer um lance ... (a expressão negritada é uma novidade da nova lei)
art. 13.9 - Opções disponíveis ao árbitro a respeito de penalidades advertência,
a. aumentar o tempo remanescente do oponente,
b. reduzir o tempo remanescente do jogador infrator,
c. uma multa previamente estipulada,
d. declarar a perda da partida pelo infrator (o árbitro deverá também decidir o escore do oponente),
e. aumentar os pontos ganhos na partida pelo oponente até o máximo possível para aquela partida,
f. reduzir os pontos ganhos na partida pelo jogador infrator,
g. expulsão do evento somente pode ser considerada em conjunto com o organizador.