Arbitragem

136ª Questão: Lance impossível descoberto após o término da partida

19/08/2013 - 11:41

Pergunta Durante uma partida de xadrez pensado - Round Robin (1ª rodada ) um dos jogadores cometeu um lance ilegal (captura en passant irregular ). No entanto, o adversário não reclamou ao arbitro, e ambos não perceberam a irregularidade.
O jogo continuou normalmente, com vitória do jogador que havia cometido a infração.
Após a 2ª rodada, ( aproximadamente 2h depois) o árbitro chama os técnicos e jogadores e diz que houve um erro ( captura en passant na 1ª rodada ) e que os jogadores envolvidos deverão reproduzir a partida até o momento do erro e continuar a partir dali. No entanto o erro foi detectado pelo técnico do jogador que perdeu a partida ao repassa-la com seu aluno, que comunicou ao arbitro após ter estudado com seu aluno toda a jogada.
O lance ilegal não foi corrigido no momento do ocorrido, a regra permite que após terminada uma partida de xadrez pensado round-robin, ao verificar uma irregularidade, jogador/técnico possa solicitar o retorno da partida e a continuação à partir dali? A decisão do arbitro foi correta?


Resposta:

Um lance ilegal, que é um ato anulável, se acusado durante a partida, possibilita a aplicação do ritual previsto no art. 7.4 da lei do xadrez, voltando-se à situação anterior ao lance ilegal com a consequente concessão de 2 (dois) minutos extras ao oponente.
Mas, isso deve acontecer durante a realização da partida.
Uma vez terminada a partida, não há mais o que se fazer, porque a irregularidade só poderia ser sanada durante o transcurso da partida.
Assim, depois de terminada a partida não existe mais a infração e, por esse motivo, não é cabível a anulação do jogo ou determinação de continuação da partida.
Portanto, a decisão do árbitro não foi correta, contrariando o disposto na Lei do Xadrez.

Art. 7.4 da Lei do Xadrez
a. Se durante uma partida descobrir-se que um lance ilegal , inclusive falha no ritual de promoção de um peão ou captura do rei do oponente, tiver sido completado, deverá ser restabelecida a posição imediatamente anterior à irregularidade. Se a referida posição não puder ser reconstituída, a partida deverá continuar a partir da última posição identificável, anterior à irregularidade ...
Os Artigos 4.3 e 4.6 aplicam-se à jogada que for feita em substituição ao lance ilegal.
A partida deverá então continuar a partir da posição restabelecida.
b. Após a adoção das ações descritas no Artigo 7.4.a, para os dois primeiros lances ilegais de um jogador, o árbitro deverá dar dois minutos extras ao oponente a cada instância; para o terceiro lance ilegal do mesmo jogador, o árbitro deverá declarar a partida perdida para este jogador...

Esta questão foi-nos sugerida pela Professora Rejane Barbosa Caparelli, de Brasília (DF), a quem agradecemos a colaboração.