Arbitragem

98ª Questão:

08/02/2004 - 17:38

Pergunta: Uma dúvida sobre o uso de relógios eletrônicos. No caso de torneios com sistema nocaute, é permitido o uso de 'time delay'? A critério do árbitro ou dos jogadores? Pelo que sei, a Federação Americana regulamentou sobre isso, permitindo o delay de até 5 segundos. Existe no Brasil alguma regulamentação especial sobre relógios eletrônicos?

Resposta: Na final do 69º Campeonato Brasileiro Absoluto de Xadrez, realizada em Brasília em janeiro de 2003, o ritmo de partida foi de 1h30m para toda a partida com bônus de 30 segundos por lance (modo Fischer) O 'modo time delay' não é usado no Brasil.

Acredito que somente nos Estados Unidos sejam realizados torneios com relógios digitais em que se use a opção 'time delay'.

E talvez somente lá seja regulamentado o limite de 5 segundos para torneios válidos para rating.

O jogador faz o lance, aciona o relógio e o tempo principal do adversário só começa a escoar depois de gasto o 'time delay'. Na prática funciona como uma pausa de cinco segundos para facilitar o inicio da concentração.

A CBX não editou nenhuma norma específica sobre partidas com o uso de relogio digital, visto que endossa a regulamentação estabelecida pela FIDE.

Esta questão foi-nos sugerida por Daniel Nobre, a quem agradecemos a colaboração.

Quem estiver interessado em colaborar com questões de arbitragem, favor enviar email para

AI Antonio Bento
com cópia para