Torneios

Campeonato Paraense por Equipes 2016 RPD

ID: 3587 - Regulamento

REGULAMENTO

Campeonato Paraense por Equipes 2016

Artigo 1°: O TORNEIO "Campeonato Paraense por Equipes 2016" – tem por objetivos

principais: proporcionar movimento e acesso ao rating RÁPIDO FIDE e CBX aos jogadores

envolvidos na competição, e apontar a EQUIPE CAMPEÃ PARAENSE 2016.

Artigo 2°: Serão obedecidas as regras da FIDE e da CBX em vigor e o constante neste

regulamento;

Artigo 3°: Poderão participar da competição, enxadristas de todos os níveis com ou sem

suas obrigações em dia perante CBX e FIDE.

Artigo 4°: A competição será disputada pelo Sistema Suíço, com a utilização do programa

Swiss Manager para o emparceiramento, onde resultados serão primeiramente postados

no site da competição, e posteriormente no Chess- Results;

Artigo 5°: O número de rodadas será de 7(SETE);

Artigo 6°: Cada equipe deve conter exclusivamente três integrantes;

Artigo 7°: Caso não se alcance o número mínimo de 08 equipes para o sistema suíço, o

pleito se dará no sistema Round Robin (todos contra todos);

Artigo 8°: O ritmo de jogo será de 21 minutos nocaute para relógio analógico e/ou relógio

digital para cada jogador;

Artigo 9°: Cabe ao condutor das peças brancas apresentar, para o início da rodada, jogo de

peças e relógio, em perfeitas condições de uso, sob pena de ser iniciado o tempo das

brancas – a organização disponibilizará material para um determinado número de pré-

inscritos, informado na abertura e no congresso técnico;

Artigo 10°: Os critérios de desempate serão os seguintes:

Sistema Suíço:

1o critério – Pontos [1]

2o critério – Pontos de Partida (2 para vitória, 1 pelo empate, 0 pela derrota) [13]

3o critério – Resultado particular dos pontos da partida [14]

4o critério – FIDE – Sonneborn-Berger [35]

Artigo 11°: O comitê de apelação será definido no congresso técnico, momentos antes do

início das disputas. Ele será composto pelo diretor da competição e mais 4 representantes

dos jogadores (sendo 2 titulares e 2 reservas), que apreciarão os recursos impetrados

contra a arbitragem, relativamente a aspectos de natureza técnica. Junto à apelação,

deverá ser recolhida a quantia de R$ 200,00 (Duzentos Reais), que será devolvida ao

enxadrista, caso o Comitê de Apelação dê ganho de causa ao requerente. Os jogadores que

desejarem recorrer contra uma decisão de arbitragem deverão apelar para a Comissão de

Apelação, por escrito, num prazo máximo de 5 minutos após o término da rodada;

Artigo 12°: O Enxadrista que deixar de comparecer a uma rodada, sem uma boa

justificativa até ao final da respectiva rodada, será automaticamente eliminado da

competição;

Artigo 13°: O(s) Enxadrista(s) que não estiverem no seu tabuleiro em até no máximo de 5

(cinco) minutos do início de cada rodada, perderá automaticamente o confronto, sendo

dado a vitória por WO ao seu adversário, e caso seja os dois adversários na mesma mesa,

será atribuído 0-0 o resultado da partida – essa regra não cabe APELAÇÃO;

Artigo 14°: De acordo com as determinações da FIDE, será terminantemente proibido

fumar no recinto de jogo, portar telefone celular, mesmo sendo no silencioso e desligado,

dickman e outros softwares ou qualquer outro aparelho de comunicação. E onde os

respectivos telespectadores do evento, que devem estar no mínimo desligado na área de

jogo;

Artigo 15°: Os jogadores deverão se apresentar no salão de jogos em traje adequado.

Artigo 16°: A inscrição nesta competição implica plena aceitação deste regulamento;

Artigo 17°: Os casos omissos serão resolvidos pela direção da competição e arbitragem.

AN CBX 835 Anderson Carvalho da Costa

Árbitro Principal